Sábado, 8 de Março de 2008

Paço do Campo Belo - Santa Marinha - V N Gaia


O Paço de Campo Belo situa-se em Santa Marinha, a mais antiga freguesia do concelho de Gaia, cujos limites se estendem desde a ponte D. Maria II até muito próximo da foz do rio Douro, na Afurada. A sua implantação, na encosta da zona histórica, transforma os jardins do Paço num local privilegiado, que desfruta de ampla panorâmica sobre a cidade do Porto.
O imóvel, construído no século XVII, foi alvo de intervenções nas centúrias seguintes. Ainda que, muito possivelmente, a Casa tenha pertencido sempre à mesma família, o título de Campo Belo é mais recente, tendo sido criado pelo Rei D. Luís, em Fevereiro de 1887, para distinguir aquele que foi o seu primeiro titular - Adriano de Paiva de Faria Leite Brandão, natural de Braga (1847-1907), que se salientou na área da Física e Química.
A Casa apresenta uma configuração singular, que se desenvolve em planta em "U", onde se enquadra a habitação, a capela e a torre. Esta última remata um dos topos do conjunto, recordando o modelo medieval da denominada casa-torre, o "primeiro tipo evoluído da residência nobre portuguesa", que se manteve ao longo dos séculos, principalmente no norte do país. De três andares, a torre desenvolve-se em altura, contrastando vivamente com o restante imóvel também ao nível dos materiais.
Do lado oposto, a capela é uma construção de cariz barroco, onde se percebe já a influência rococó nos concheados das molduras e recortes dos vãos. A fachada, de dimensões reduzidas, é dominada pela composição central que engloba o portal, a janela superior e o brasão da família. A frontaria termina em frontão contracurvado, com cruz no eixo central e fogaréus laterais. O alçado lateral é rasgado por duas grandes janelas, e o oposto liga-se à casa através de uma secção reduzida, em ângulo recto com o corpo principal.
Este, em forma de "L", apresenta uma arcaria no piso térreo, cujo ritmo é interrompido pelas escadas exteriores de acesso ao andar nobre. Situação semelhante acontece ao nível do piso superior, onde se abrem múltiplos vãos, entre uma arcaria recta formada por colunas de capitel dórico, sendo a sua leitura quebrada pela porta principal, antecedida por um alpendre.


Foto: Ana Cristina Nunes Martins/IPPAR

Texto: IPPAR


publicado por MJFSANTOS às 08:34
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30


.posts recentes

. Paço do Campo Belo - Sant...

.posts recentes

. Paço do Campo Belo - Sant...

.tags

. arquitectura

. biografia

. capela

. casa

. cultura

. desporto

. dias comemorativos

. edificios

. estatuas

. fc porto

. fotos

. freguesias

. futebol

. história

. historia

. humor

. igreja

. igrejas

. imagens

. matosinhos

. matriz

. monumentos

. mpp

. musica

. noticias

. noticias e opiniões

. património

. penafiel

. poemas

. porto

. portugal

. póvoa do varzim

. quinta

. românica

. ruas

. slides

. video

. videos

. vila do conde

. vilanovadegaia

. todas as tags

.tags

. arquitectura

. biografia

. capela

. casa

. cultura

. desporto

. dias comemorativos

. edificios

. estatuas

. fc porto

. fotos

. freguesias

. futebol

. história

. historia

. humor

. igreja

. igrejas

. imagens

. matosinhos

. matriz

. monumentos

. mpp

. musica

. noticias

. noticias e opiniões

. património

. penafiel

. poemas

. porto

. portugal

. póvoa do varzim

. quinta

. românica

. ruas

. slides

. video

. videos

. vila do conde

. vilanovadegaia

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

SAPO Blogs